Nos Arredores de Turim

Valle Susa 1

Valle di Susa (30 a 60-minutos com carro, partindo de Turim)

Devido sua proximidade aos Alpes, a cultura alpina está profundamente enraizada a personalidade  de Turim. Admirando o horizonte do centro da Piazza Castello em Turim, é possível avistar os Alpes. Essa visão de indescritível, certamente irá lhe despertar a vontade de querer descobrir mais sobre a rota que os generais romanos traçaram para conquistar a Europa, a mesma que mais tarde serviu aos peregrinos do Norte da Europa em sua jornada ao Sul de Roma e a Jerusalem.  O Vale di Susa fica no caminho que liga a Itália e a França através de duas passagens distintas pelos Alpes (Monginevro e Moncenisio). Em 2006, suas montanhas cobertas de neve hospedaram os XX Jogos Olímpicos de Inverno. A história do vale é repleta de contos sobre exércitos, monges, fidalgas, viajantes sem destino e artistas, cujas obras de valor inestimável são exibidas até os dias atuais nos mosteiros e igrejas locais. Desde o século VIII, mosteiros ricos e poderosos, construídos no topo dos penhascos ou em meio a pastos verdejantes, governam a expansão das comunidades do vale. Estes mosteiros ofereceram refúgio a peregrinos fatigados e comerciantes, além de educação aos filhos dos nobres. A excelente preservação e funcionamento destes lugares impressiona a todos que por alí passam. Um verdadeiro éden aos amantes da arte, da natureza, do misticismo e da espiritualidade, buscando suprir suas necessidades causadas pela vida agitada e desgantante.

Principais atrações:

  • O Mosteiro Românico/Gótico de St Antonio di Ranverso, com seus afrescos do século XV criados pelo artista da corte Giacomo Jaquerio;
  • A charmosa cidade medieval de Avigliana com vista privilegiada para dois pequenos lagos;
  • Sacra di San Michele, uma abadia beneditina do século X, construído no topo de um penhasco de 823 metros, que serviu de inspiração ao escritor “best-seller” Umberto Eco em sua novela “The Name of the Rose” (“O Nome da Rosa”), além de ser o símbolo da região de Piemonte;
  • A cidade de Susa, conhecida como “portão da Itália”, devido sua posição estratégica, na junção das rotas de Savoie e Delfinate (do outro lado dos Alpes). Nos tempos romanos,  Susa foi governada por um rei local, o qual pavimentou o caminho da civilização romana. Atualmente é possivel passear ao longo dos caminhos medievais sinuosos e ruínas romanas (incluindo seu bem preservado portão romano), antes de deliciar-se com a foccacia de Susa.
  • Aos mais aventureiros, a abadia beneditina mais distante de Novalesa, seu museu, e seus afrescos do século XII na entrada da passagem do Moncenisio, aguardam por sua visita. Localizados no lado tranquilo do vale, onde não é permitida a circulação de veículos, lhe convidam a uma caminhada estasiante de aproximadamente 800 metros para chegar ao seu destino.
  • O alto do Vale di Susa é o local designado pelos moradores para o esqui, também um dos destinos preferidos dos esquiadores estrangeiros, uma vez que foi o local escolhido para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2006.

 

Rocciamelone01

Para ver mais fotos na galeria clique em  Turim e Arredores.

Sugestão de tour “Abadias  do Vale de  Susa

Mapas

Italia 2Copia di Piemonte 1c